O amor é pura física


Opa, acho que estou meio sem graça, não sei como começar. Essa é a primeira carta que escrevo pra você, tem um peso maior de importância, não que as outras não terão mas essa é a que começa tudo.

Como poderia me expressar se palavras não são suficientes pra descrever o que você fez desde que chegou? Como descrever um sentimento que nem se eu tivesse decorado todas as palavras do dicionário eu conseguiria?. Mas venhamos e convenhamos, não somos bom em humanas, mas conseguimos nos entender direitinho.

Sabia que a física explica o amor?. Bem, quem nunca ouviu que o amor é pura física? Segundo a teoria quântica, "estamos todos entrelaçados (os átomos), num emaranhado de conexões, infinitas." Tá explicado porque o amor não se explica, nem vou me aprofundar, apesar de saber que essas coisas te fascinam. Tem outra teoria também inclusive a que eu prefiro mais e bem mais fácil de compreender que é o que o Carlos Drummond fala " Se você sabe explicar o que sente, não ama, pois o amor foge de todas as explicações possíveis." Romântico neah? Pois então ele explica minha situação.

Sobre você: você fica tão fofo quando "grila" comigo por não ter dado conta de ficar acordada quando assistimos filmes, e quando te faço cócegas, ah e quando te faço levantar várias vezes depois que já estava bonitinho no sofá, aah não posso esquecer que adoro sua cara quando dou uma passeada no seu guarda-roupa especialmente na parte das camisetas, bom gosto o seu neah?kkk

Poderia estender essa carta, falar de como nos conhecemos, como foi nosso primeiro beijo, ou como foi cumprida nossa primeira conversa, mas essas coisas você já sabe, deixe pra lembrarmos lá na frente. Hoje quero dizer que está fazendo um grande trabalho na minha vida, espero estar fazendo na sua.

Temos muitos encontros ainda, aguarde pelas outras cartas essa é só a primeira.

Ps.: De uma admiradora nada secreta. ❤

Comentários

Postagens mais visitadas